domingo, fevereiro 18, 2007

"É preciso ter VISÃO para fazer um concerto assim!!!" **

Já todos sabemos que um dos meus apelidos deveria ser "concerto", mas quando se percebeu que BlueAngel Concerto não combinava, a ideia foi imediatamente abandonada. Tudo isto para dizer que ontem à noite assisti, no Pavilhão Atlântico, ao Mega Concerto VISÃO. O cartaz anunciava os artistas que estão na imagem e as actuações foram exactamente na ordem inversa. Então, uma a uma eis o que achei:

- Rádio Macau: amei, adorei. Nunca os tinha visto ao vivo e a cores. Só os conhecia de disco, mas quero mais, quero vê-los muito mais vezes, se possível. Ouvir "O Anzol" ou o "Elevador da Glória" ao vivo já são momentos que ninguém me tira. E, por serem os primeiros, foram prejudicados pelo "fio de beque" (piada só entendida na sua plenitude a quem conheça o álbum "Mingos & os Samurais" da dupla Tê/Veloso).

- Jorge Palma: ao vivo foi a segunda vez e a opinião é a mesma: dispenso! Sendo que desta vez conseguiu ser pior do que na Praça Sony, durante a Expo'98. O senhor tem poemas lindissímos? Tem! As melodias são muito agradáveis e bonitas? São! Ele toca e interpreta bem? Sim! É um dos melhores que temos por terras lusas? É! Então porque raio é necessário entrar em palco de charro na mão, mostrá-lo orgulhosamente, fazer figura de palhaço de quando em vez e achar que se está muito bem? Desculpem-me os fãs, que sei que os há e até passam por aqui, mas não entendo esta filosofia de vida. Se ele cantasse apenas seria bem melhor! Ah e tal e isso faz parte da imagem dele e mais não sei quê, então chamem-me old fashioned que eu não me importo mesmo nada. Não gosto de imagens degradantes ponto final e fim de assunto (sim, porque da última vez que verifiquei a minha opiniao aqui, neste cantinho, é livre). Este prefiro continuar a ouvir em CD.

GNR: destes senhores já vi dois concertos e 1/4. Ahhh, o que é isso de 1/4 de concerto? Eu nunca sai a meio de nenhum, os senhores é que sairam uma vez ao fim de duas ou três canções e com boas razões para isso: alguém estava a atirar coisas para o palco e tinham ferido (sem gravidade) o teclista logo fim de concerto. Ontem temi o mesmo porque o Reininho estava com problemas no auricular e fartou-se de se queixar aos técnicos. Felizmente a actuação foi até ao fim. Gosto deles há muito tempo, mas (tal como o outro) prefiro em CD. O Reininho tenta sempre armar-se em engraçado e depois não tem graça nenhuma (na minha modesta opinião). Mas há momentos que valem ouro como as "Dunas" cantadas ao vivo num concerto. E quem diria que uma música do Roberto Carlos ainda ia fazer dançar e cantar tanta gente? Ahhh, pois é!!! Foi a loucura!!!!

Pedro Abrunhosa: segundo concerto deste artista na minha longa carreira de espectadora. :-) Gostei, mas não percebi a indumentária. Levou-me a pensar que o senhor também já foi ao outro lado e não voltou. (lol) Discursos políticos desnecessários à parte, foi um momento com saldo positivo apesar de eu (devido a informações colaterais) não andar com boa-vontade para com este músico. Mas, não há dúvida de que, é muito bom naquilo que faz, que não é cantar ou sussurar, mas sim música!!!

E para o final da noite ficaram reservados os maiores de todos os tempos: Rui Veloso e Xutos e Pontapés (o estúpido do blogger não aceita o "e" comercial). Ora vamos por partes:

Rui Veloso: Já o vi vezes sem conta e voltarei a ver, claro! É o maior!!! É o melhor!!! Acham que vou dizer mal? NO WAY!!! Desde que este cantinho existe ainda não assisti a nenhum mau concerto deste GRANDE SENHOR, mas durante a minha vida já vi dois que me desiludiram. Felizmente não foi o caso, mais uma vez em alta, o "pai do rock português", encantou e pôs o pavilhão inteiro a dançar e a cantar ao som de malhas eternas e inesquecíveis.

Xutos e Pontapés: a maior banda de rock português. São também incontáveis as vezes a que já assisti a concertos deles. Sempre bons e sempre com notas para recordar. Foi o rubro de uma noite fantástica e fabulosa! Foi a loucura total. Muito bom!!!

O pior da noite? As enormes pausas entre cada cantor para mudança de palcos e aquilo que deveria ter sido a apoteose final. Porquê? Bem o final foi estragado pelo "ganzado", leia-se Jorge Palma, e pelo palhaço de serviço, leia-se Rui Reininho, perante os olhares atónitos de todos os outros profissionais em palco. O "Venham Mais Cinco", do cantor/poeta Zeca, não merecia tamanho desrespeito. Mas o saldo da noite foi bastante positivo, muito mesmo.

Este concerto trouxe-me grandes recordações à memoria, nomeadamente um outro chamado "Portugal ao Vivo", em Alvalade há uns aninhos atrás. Mas isso fica para outro post que este já está enorme como é meu hábito.

Obrigada SBF e compª. Lda pelo chequezinho FNAC que me levou a este evento, ao qual teria ido de qualquer forma!

Saudações virtuais

** Frase pensada por mim durante o concerto e que ouvi da boca do Abrunhosa durante a actuação dele. Felizmente, penso que terá sido algo que passou pela cabeça de muitos dos que ali estavam. :-)

6 comentários:

Anónimo disse...

Meu querido amigo!!Gostei dos relatos creio que muito realistas sobre este concerto no pav. Atlantico , tive muita pena de não ir, mas obrigado por teres partilhado as tuas opiniões e sensações .Cris

BlueAngel disse...

Cris,

foi aquilo que vi e senti enquanto assisti ao espectáculo e foi isso que tentei exprimir por palavras. De nada e foi mesmo muito, muito bom!!!

Beguinha disse...

"Sempre em festa" para além de uma loja mt original é a melhor frase para descrever a BLueAngel. E este sempre em festa diz respeito à rotina em que os sorrisos são constantes e a todas as particulariedades da vida que ela enfrenta com uma gargalhada. Continua a ser como és.

BlueAngel disse...

beguinha,

também gosto muito dessa loja e ando a precisar de lá ir, mas fica tão fora de mão para mim. A vida é para ser aproveitada e eu tento fazê-lo da melhor forma possível. Vou seguir o teu conselho à risca!!

Rosa disse...

Quando vi o anúncio do concerto, decidi que ia mal vi "Jorge Palma" e "Xutos e Pontapés". Mas, depois, num olhar mais atento, vi "Pedro Abrunhosa" e "GNR", e pensei: Nã!! Eu nem fiz mal a ninguém... :)

BlueAngel disse...

rosa,

pois só Jorge Palma me faria fugir de vez do concerto e GNR deixou-me a pensar. Mas, depois, pensei e por dois perdesaquilo de que gostyas? É que não me arrependo mesmo nada! Do mal o menos, quando percebi que tinhas comentado achei que, mais uma vez, ias dizer que tinhas bilhetes e não tinhas ido. :-)