quarta-feira, julho 04, 2007

O meu Oceano preferido

Para bom entededor meia palavra basta. Por isso, penso que vós, estimados leitores atentos, já perceberam que voltei a sentar-me defronte de um grande ercã e que assisti ao

Da película:

Argumento: Bom, prende e está-se sempre com vontade de ver mais para saber o que vai acontecer e se tudo vai ser bem sucedido. Será que é?

Sequela: Este é que deveria ter sido a sequela do primeiro, Ocean's 11. Está ao mesmo nível da história que originou a saga. Cada vez me convenço mais de que o segundo filme, Ocean's 12, foi apenas para os homens puderem babar com a Julinha e com a Catherine.

Realização: perfeita para o tipo de filme que é. Gostei da forma como a trama salta do passado para o presente e comoasistimos a acções paralelas sem se tornar maçador e, pelo contrário, mantendo o espectador atento e ansioso por novos desenvolvimentos.

Elenco: George Clooney muito bem. Não é o papel da vida dele, mas dá à sua personagem o ar e personalidade pretendidas. Não falha em nada e tem umas expressões, um sorriso e uma classe inexplicáveis por palavras. Só sentido! Upa, upa, se senti! Quanto aos restantes, correu-lhes bem; para estreantes não estavam mal, nomeadamente aquele tal de Al Pacino. Tenho em crer que o rapaz ainda vai ter uma carreira próspera e ainda vamos ouvir falar muito dele. Tem é que deixar de ser loiro e perder aquele ar de mafioso que apresentou nesta película.

Apreciação Geral: AI... AI... ouviu-se muito durante as duas horas que durou o filme. Gostei muito, independentemente do actor principal! Para o tipo de filme que é, está acima a média. E o que é mais fantástico? Não tem cenas demasiado e gratuitamente violentas! AI... AI...

Moral da história: A vingança é um prato que se serve frio. Atrevo-me a dizer gelado e, em alguns casos, congeladinho.

Saudações virtuais

Ocean's 13

Título original: Ocean's 13

De: Steven Soderbergh

Com: George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon, Al Pacino, Bernie Mac, Andy Garcia, Don Cheadle

Género: Cri, Thr

Classificacao: M/12

Estúdios: Warner Bros.EUA, 2007, Cores, 125 min

argumento

Há apenas uma razão que faria voltar Danny Ocean (George Clooney) e os seus rapazes para um novo e arriscado golpe: magoarem um dos seus. Willy Bank (Al Pacino), o implacável dono de um casino, não imaginava no que se estaria a meter quando resolveu enganar o amigo e mentor de Ocean, Reuben Tishkoff (Elliot Gould). Bank pode ter derrubado um dos onze, mas os outros ficaram de pé e estão desejosos de lhe servir a vingança bem fria. Fria e em grande estilo, pois Ocean atacará na noite triunfal da grande abertura do novo casino, chamado muito apropriadamente The Bank. O plano é perigoso, quase impossível, mas não há limites quando está em causa um amigo. Ao realizador Steven Soderbergh e a Clooney juntam-se as novas aquisições de Al Pacino e Ellen Barkin, e voltam a reunir-se, entre outros, Brad Pitt, Matt Damon, Andy Garcia, Don Cheadle, Bernie Mac e Casey Affleck.

6 comentários:

Susana Guerreiro disse...

Com esse elenco é meio caminho andado para o sucesso. Ainda não vi, mas tenho que ir ver muito em breve, concerteza.

Elora disse...

tenho de ver isso.

Beguinha disse...

Gosto destes filmes, porque têm aquele nervoso miudinho que nos faz correr com eles, sofrer com eles e desejar que, no final de tudo, eles ganhem mesmo! É daqueles filmes em que estamos do lado dos ladrões! :)))

Diário de um Anjo disse...

aiiii..colega..depois de ver o George Cloney de smoking andei dias a não pensar noutra coisa..hehehe

BlueAngel disse...

susana guerreiro,

tu não percas isto. Tudopela história, pela história. lol

elora,

recomendo vivamente. Os olhinhos ficam tão lavadinhos. lol

beguinha,

oh se estamos amiga, oh se estamos. Eu já escolhi o meu ladrão preferido! :-)

diário de um anjo,

upa upa, aquilo...ai.. ai.... :-)

Kitty disse...

Eles são tãããããããõ interessantes!! Mesmo que o filme não valesse nada, já valia a pena por eles. :-D