quarta-feira, julho 08, 2009

180º

Eu até queria escrever um post bombástico hoje (seja lá o que isso for). Especialmente hoje. Mas são tantas as emoções e as palavras que entre os atropelos de tudo o que quero dizer sei que algo vai ficar a faltar e até pode ser que seja o mais importante ou não. A verdade é que há um ano tive o meu primeiro dia de liberdade fora de um cogumelo venenoso e onde respeito é uma palavra e uma atitude que poucos conhecem. Não me arrependo, o que ganhei em saúde física e mental é incalculável. Resta-me aguardar pelo finalizar de um processo moroso que terá um término um dia... Assim este país ande, avance e vá até bom porto. Tal como nas histórias os maus serão castigados que eu ainda vou tendo confiança na justiça portuguesa.

Há um ano deixei para trás oito anos de dedicação, de esforço e de profissionalismo para abraçar um futuro novo que aos poucos me vai sorrindo sem deixar fugir o meu maior sorriso, aquele que me acompanha sempre.

Há um ano ficou no passado o sonho de uma profissão que quis abraçar, abracei e de que gostava muito para abraçar outra actividade que sendo na mesma área não será nunca a mesma coisa.

Há um ano escolhi o melhor para mim e isso comprovo-o sempre que me aproximo daquele cogumelo ou que oiço histórias das barbáries que por lá se passam.

Há um ano dei uma volta na minha vida e, apesar de ter começadop tudo de novo, só lamento a forma cruel, rude e desonesta como fui tratada. Ser honesto é infelizmente uma atitude que pode, por vezes, ter um preço alto. Escolhi ser honesta e por isso ganhei asas. Escolhi a justiça e aliviei o sofrimento. Escolhi-me a mim e isso é o mais importante.

Do cogumelo trouxe de bom a relação com algumas pessoas, o que no meio da podridão me provou e mostrou que ainda há gente em quem podemos confiar. Felizmente a causa humana não está toda perdida.

Há um ano parece hoje há tanto tempo e no entanto foram apenas 365 dias tantos como aqueles que separam um Natal do outro.

Há um ano renasci e parece-me, assim de repente, que foi das melhores coisas que fiz nesta vida.

Saudações virtuais


6 comentários:

Gi disse...

E em diálogo contigo te digo: Bendito ângulo este!

É engraçado fazermos um caminhoo diferente: do FB para aqui. ;)

BlueAngel disse...

Gi,

obrigada. É um caminho diferente este, mas interessante também. ;-)

Elora disse...

Sei o que sofiras no cogumelo e é bom estares livre disso.

scorpiowoman disse...

E quem sabe daqui por um ano não terei também eu ganho asas?
Minha linda, foi o melhor que te podia ter acontecido, acredita, porque de há um ano a esta parte, tudo o que de mau conheceste tornou-se infinitamente pior...
Estou muito feliz por ti!
Inté e beijos***

imso disse...

Foi bom então....não imagino o que poderias ser tu sem esse sorriso que inunda a nossa alma.

Rosa disse...

Que bom teres conseguido sair intacta na tua essência. O resto, são peanuts. Por isso: PARABÉNS por este aniversário de um ano.