quarta-feira, junho 01, 2011

No Dia Mundial da Criança...

... recebo um das maiores decepções do mundo dos adultos. E ainda que eu seja crescida, e ainda que eu saiba que há adultos maus, falsos e desonestos, e ainda que eu tente sempre dar uma segunda oportunidade ao mundo é-me muito complicado fazê-lo. Tudo porque um anúncio de trabalho com uma resposta positiva que estava a correr bem se transformou de repente num papão mau, num homem do saco ou num monstro daqueles que habitam debaixo da cama. "Fraude" foi a palavra do outro lado da linha e o horror caiu sobre mim; aparentemente trata-se de uma organização que faz lavagem de dinheiro disfarçada sob a forma de uma agência de turismo. E quem se trama? O mexilhão, claro. Não adianta dizerem " ahhh é Portugal, já sabes como é". Não, a empresa não era portuguesa e depois de investigada dava indicações de que seria credível e séria. Afinal não era, não me roubaram nada a não ser a esperança de que afinal parte dos meus problemas se iriam resolver. Não me roubaram nada, a não ser mais uma montanha de sonhos que começavam a deixar de o ser. Não me roubaram nada, a não ser a esperança... pura e simples. Não me roubaram nada, a não ser a credibilidade no Ser Humano que, a cada dia que passa, é menor e menor e menor.. e menor...
Saudações virtuais

3 comentários:

Diário de um Anjo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Diário de um Anjo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Rabbit disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.